quarta-feira, 4 de julho de 2012

LIÇÃO DE ECOLOGIA: SANTUÁRIO ECOLÓGICO DA PRAIA DA PIPA-RN


Olá pessoal! Post retrasado falei que o camping que ficamos na Praia do Madeiro,litoral do RN é localizado quase em frente ao Santuário Ecológico de Pipa,lembram? Pois é..resolvemos ir lá.Nunca tínhamos ido e foi uma surpresa deliciosa.

O local nos surpreendeu de forma muito positiva.Lugar lindo e muito bem conservado,Ótimas trilhas ,com muita beleza e muitas surpresas.Segundo o próprio Malinha, o passeio na Reserva foi o que ele mais gostou do fim de semana.E o que mais nos encantou como pais foi a possibilidade dele ver na prática justamente o que estava sendo explicado na escola.Por uma feliz coincidência ele teve prova de ciências na semana seguinte. :)
Quando estávamos revisando a matéria,tudo ficou muito mais claro na cabeça dele: animais em extinção,ecossistemas,preservação de espécies e seus habitats naturais.Ele mesmo usava o que viu nos exemplos e nos exercícios.( aproveite e confira nosso post falando sobre Viagens fora do período escolar: como aproveitar melhor esses dias de falta na escola e como recuperar o conteúdo perdido em sala de aula!)
Após a longa trilha,um museu muito interessante!
Ficou claro então a importância da criança vivenciar tudo isso,sair da teoria e ir na prática.Fazer trilha é muito mais que uma prática esportiva e um lazer,é uma aula prática de ecologia.São aprendizados que marcam e ajudam a construir uma personalidade mais responsável com o meio ambiente.

Quem for conhecer Pipa,que já faz parte do roteiro turístico do RN,é uma ótima pedida!Segue abaixo informações sobre a reserva e o que vimos por lá:


"O Santuário é ao mesmo tempo um monumento hitórico, uma reserva ecológica e um laboratório do futuro.Foi aqui que em 1980 o Sr. Charles Capelle, engenheiro elétrico responsável pelo projeto ITAIPU, se refugiou para escapar dos males da civilização e tentar estabelecer uma vida mais equilibrada, baseada na auto-sustentação.Atualmente a Chácara é loca de treinamento e soltura de animais silvestres para recompor a antiga fauna da região (reintrodução controlada). Para tal se tem o apoio do Centro de Recuperação e Reintrodução de Animais Silvestres (CERRAS) em Natal, e de uma equipe de voluntários."( Fonte:pipa.com.br)

O santuário abrange 3 setores e conta com 16 trilhas no total.Percorremos quase todas.A visita pode ser feita sozinho,sem problema algum.Porém se desejar visitas guiadas,essas tem que ser agendadas.

Mirante da Prainha no fim da trilha do Jacú
Na recepção pega-se um mapa de todas as trilhas e informações e então basta respeitar as placas.Tudo é muito sinalizado o tempo todo.Se tiver o bom senso de não sair das trilhas o parque todo é percorrido sem o menor problema.As trilhas são de intensidade variada,tudo explicado no mapa.Percorremos as desde o grau 1 até grau 4.Malinha nem quis saber de braço...fez tudo a pé,e adorou cada pedacinho!!Até na trilha do Pirata,com uma longa e cansativa subida ele fez bonito e me deixou orgulhosa! Nesse caso em especial,certos trechos não são adequados para a utilização da mochila transportadora devido a presença de galhos muito baixos e mata quase fechada,podendo algum galho baixo machuca-la.Importante sempre na trilha deixar a criança no meio entre um adulto e outro,assim a segurança da mesma fica garantida,ok?

Sempre bom alertar quando é preciso!!
Por todos os lados placas indicam as rotas,explicações sobre as espécies nativas e placas de alertas como: trilha escorregadia,penhascos,área onde não pode soltar a mão das crianças.Muito bom!
Optamos pelas trilhas de maior percurso com o malinha pois já somos acostumados.Mas quem não tem prática pode encara numa boa.No geral as caminhadas não são tão exigentes,porém demandam algum condicionamento físico pois em muitos trechos existem subidas.Mas fique tranquilo: existe locais para descansar e apreciar as paisagens.Lembrando que em hipótese alguma ,nem aqui e nem nenhum outro canto você deve sair das rotas de trilhas indicadas.Levar água e jamais descartar lixo no local.

TRILHAS QUE PERCORREMOS NO PARQUE:

Graus de dificuldade das trilhas:
Fácil
1
2
3
4
5
Difícil
*CAMINHO DO JACÚ (200 m) - GRAU 2:
Trilha Luminosa e arejada que passa pela parte mais elevada da Chácara do Madeiro, 80m acima do nível do mar.

*ESCADA DO VELHO CASTELO(90 m) - GRAU 4:
Ao ritmo emocionante da arrebentação, esta escada leva da Toca da Caipora até a luminosa Prainha, ponto de espreita para barcos e golfinhos.
 
*PASSEIO DO PEROBA (300 m) - GRAU 1:
Gracioso caminho que contorna as falésias da ponta do Madeiro, desfrutando vistas poéticas, ora para o sul, ora para o norte.
 
*CAMINHO DOS PIRATAS (100 m) - GRAU 4:
Inclui a emocionante escada de corda pela qual se alcança a enseada do Madeiro, propícia para o banho de mar.
*CAMINHO DO CAMALEÃO(600 m) - GRAU 4:
Como sugere o nome, é uma trilha com muitas mudanças de cor, clima, visual e demais pontos de interesse.

 
As lindas e enormes tartarugas marinhas nadando livremente na praia foi o prêmio!Lindo!
O auge do passeio foi o mirante das tartarugas.Seguindo pela trilha da Peroba logo chega-se ao mirante.Em menos de 5 minutos no local vimos várias delas na água.Inexplicavel a sensação de ver aqueles animais enormes(quase do tamanho do Malinha!) nadando livremente no mar...lindo demais!

Lindas surpresas que encontramos nas trilhas!
Emocionante.O local também conta com um pequeno museu,onde você aprende sobre o ecossistema local e sobre os diferentes tipos de tartarugas.Muito interessante e com uma ótima infraestrutura: água,banheiros e muita informação a disposição.
Também vimos um pequeno lago com jabutis e um pequeno jacaré.Durante o percurso encontramos diferentes tipos de aves e uma iguana. Um divertido labirinto de pinheiros também nos divertiu muito,além de ser lindo! Pena o setor infantil estar desativado.O recepcionista nos contou que o local tinha brincadeiras e outros atrativos,mas encontra-se temporariamente desativado e sem previsão de abrir. :(


Passamos  aproximadamente 3 horas e meia no local.Entrada individual custa 10,00,casal 18,00.
Malinhas até 6 anos não pagam, e até os 12 pagam meia entrada.
Funcionamento de terça a domingo,das 8:00 as 17:00h.
Obs: informações baseadas na data de visitação ( junho 2012). Não temos responsabilidade por alterações de horários e valores. Consulte sempre com o próprio local antes de sua viagem.

Outras informações nesse link do Santuário aqui!
Obs: o mesmo encontra-se desatualizado.Porém pode consultar maiores informações sobre o espaço e  conferir fotos.Fica a dica para os organizadores do local darem uma atualizada no site! ;)

10 comentários:

Momentos disse...

Olá...que legal o seu blog.
Visite momentosprodutospersonalizados.blogspot.com.br e concorra a uma caneca de porcelana com sua foto estampada no dia 20/07/2012.

Abraço

Momentos disse...

Olá...que legal o seu blog.
Visite momentosprodutospersonalizados.blogspot.com.br e concorra a uma caneca de porcelana com sua foto estampada no dia 20/07/2012.

Abraço

EDUARDO disse...

Que legal esse passeio, mais legal que o malinha é bem disposto, aqui na nossa região sul na minha ultima aventura, meus malinhas não tiveram a mesma disposição e sofremos bastante carregando eles no colo. Parabéns pela aula prática de ecossitema, da próxima vez que eu for para Natal, esse passeio vai fazer parte do meu roteiro.
Abraços.
http://oscostas.blogspot.com/

Daniela disse...

Oi guria!!!
O lugar parece incrível.
Nosso país tem cidades lindas. Falando em trilhas lembrei de um lugar que já fui com o marido, parque das 8 cachoeiras em São Chico, conhece?
Já fiz algumas trilhas por lá, mas como tenho medo de altura a experiência não foi das melhores.
Segue o link do lugar
http://www.parque8cachoeiras.com.br/
se vier para cá me avisa que vamos junto.
bjocas
Dani

Paty Michele disse...

Que massa!!! Criança ama esse contato com a natureza, Ana. Seu malinha tem mta sorte!
Por aqui o máximo que eu já fiz foi levá-lo ao projeto TAMAR, onde tbm tem tartarugas marinhas. Bento amou e vive pedindo pra voltar lá.
Eu sou urbana demais pra certos passeios, tadinho do meu filho... mas é que eu tenho medo de expô-lo a algum perigo. Quem sabe qdo ele for maiorzinho, né? rsrsrs

Um bjão

Iolanda Lopes disse...

Ana, que passeio super legal.
Já vi tartarugas no Projeto Tamar em Salvador, mas ter a oportunidade de vê-las no seu habitat natural deve ser emocionante mesmo.
Que privilégio poder mostrar estas belezas para o Malinha.
E sua mãe, como vai?
bju

Danielle Cardão disse...

Oi, Ana que legal é sempre bom fazer passeios ao ar livre e quando tem animais e diversos tipos de árvores, plantas é sempre muito bom. Seu malinha aproveitou bastante e teve muita disposição, né?

Bjsssssssssssssssssssssss, Dani Cardão.

Cecília SOUSA disse...

Oi, Ana! Bela viagem! Estive em Natal recentemente, mas não fui em Pipa. Ah se eu tivesse lido esse post antes... :)

Bom estar de volta nessa vida de blogueira, né? Depois de um ano estou voltando também. É que a França me inspira rsrs Espero conseguir tempo pra continuar esse ano.

Abraço.

http://bernardoececilia.blogspot.fr/

Diário da mãe e da filha disse...

Que delícia de passeio, que vista incrível que céu azul!!
O lugar parece incrível

Adorei

Beijos
Lilia

~*JuJu DiVa*~ disse...

Ai que bacana que deve ter sido! Eu nunca fiz uma trilha, mas sou doida pra fazer.
Imagino que lindo e emocionante que deve ter sido o "encontro" com as tartarugas! eu sempre me emociono só de ver na TV, se visse ao vivo então, acho que infartava! :P
Agora, o mais legal MESMO deve ter sido o monte de estoria que o Malinha pode contar pros coleguinhas e a onda que ele deve ter tirado com a prova e os exercícios cheios de exemplos que ele VIVENCIOU! ISSO não tem preço!!
Bjuss